Atum

O bonito é o mais pequeno. O rabilho é o maior.

Além destes há também o patudo, o voador e o albacora somando-se em cinco as principais espécies de atum que se encontram nas águas tépidas dos Açores. A pesca do atum traz sustento a gerações de famílias açorianas e é um exemplo a seguir: artesanal, é sustentável e não põe em causa a continuidade da espécie. Do isco vivo à técnica “salto e vara”, toda a faina é uma espécie de jogo de xadrez que exige tempo, paciência e táctica. Também há quem lhe chame arte.

Relacionado com este produto

Pratos

video-atum-thumb

Vítor Sobral a trabalhar atum

Região

banner-portugal2020