Torre de Palma

“O Alto Alentejo é outro Alentejo. Mais fresco, mais montanhoso, mais cioso das suas originalidades. O que por ali encontramos é bem diferente da restante planície, trata-e de uma zona de transição entre Alentejo e Beira Baixa, onde proliferam castanheiros e carvalhos e onde se encontra o maior repositório de vinhas velhas de toda a região demarcada, muitas delas a altitude considerável. Vinhas velhas pode também significar castas antigas, mistura de castas na vinha e cepas consociadas, nomeadamente com a oliveira. É assim a serra de São Mamede e as redondezas. Por aqui reina a Trincadeira, por aqui encontramos a Grand Noir, a Aragonez e depois, em percentagens pequenas, uma miríade de castas, entre brancas e tintas, algumas delas com nomes bem estranhos. Daqui saem assim vinhos muito originais e não é por acaso que muitas empresas aqui chegaram atraídas exactamente por esta originalidade. Vinhos mais frescos e elegantes, complexos e bem diferentes do que se faz na restante região alentejana. Há que estar atento porque nós nunca sabemos quanto tempo durarão estas preciosidades.” Por João Paulo Martins

Deixamos aqui os contactos – Tel: +351 245 038 890, Email: reservas@torredepalma.com, Endereço: Herdade Torre de Palma S/N, 7450-250 Monforte

Notas de Prova

Torre de Palma
Regional Alentejano tinto 2018
Torre de Palma

Lote de quatro castas, uvas pisadas a pé em lagares. O vinho estagiou 12 meses em barrica. Média concentração de cor, aroma vivo, floral e com algumas notas mentoladas que lhe conferem frescura. Tem a extracção certa e a barrica está muito bem integrada. Muito elegante na boca, envolvente e macio, sem arestas e com a acidez no ponto certo, temos tinto para a mesa, seguramente um sucesso com gastronomia regional.  

Região

Alentejo

banner-portugal2020