Skip to content

Alheira de Barroso-Montalegre

A Alheira de Barroso-Montalegre. Produto IGP (Indicação Geográfica Protegida) é feita a partir de carne de porco da raça Bísaro com a adição de pequenas quantidades de carne de aves, caça, pão, azeite extra virgem, cebola, alho e condimentos picantes

Nas terras frias de Barroso-Montalegre os enchidos e carnes fumadas são reis. Farinhota, sangueira, pernil, barriga, chouriços; a lista é extensa e inclui a muito apreciada Alheira de Barroso-Montalegre. Produto IGP (Indicação Geográfica Protegida) é feita a partir de carne de porco da raça Bísaro com a adição de pequenas quantidades de carne de aves, caça, pão, azeite extra virgem, cebola, alho e condimentos picantes. Outra particularidade deste enchido advém do facto de ser fumado de forma indireta, uma vez que as casas locais com as suas lareiras sempre acesas proporcionam o ambiente perfeito para um processo de defumação lenta e suave, com a madeira local a conferir o seu aroma exclusivo ao enchido. Existe uma lenda que conta que a alheira é uma invenção dos judeus que, no século XV, foram expulsos de Castela e que, para se refugiarem em Trás-os-Montes e para esconderem a sua identidade, criaram um enchido que ao invés de porco levava apenas pão e frango e que mais tarde os transmontanos transformaram a receita original adicionando-lhe carne de porco. Pode ou não ser somente uma lenda, mas não deixa de ser uma história interessante associada à alheira.

Relacionado com este produto