O tinto perto do Michelin

O tinto perto do Michelin

Joao Paulo Martins

“A região do Dão comporta zonas distintas que se assumem como sub-regiões. A zona de Silgueiros, não muito longe de Viseu, é uma delas. Aqui pontificam vários produtores, alguns de renome e outros mais discretos que estão afastados do grande público. A Quinta de Lemos ganhou visibilidade por várias razões: pela qualidade dos vinhos, pela adega espectacular, por ter sido dos primeiros produtores a fazer vindima nocturna e, posteriormente, por ter criado um restaurante – Mesa de Lemos – que rapidamente ganhou justificada fama. Os vinhos têm um perfil onde a concentração, a boa extração e o respeito pelas características do terroir são evidentes. Aqui estamos em terras de granito, com estilos quentes mas com a capacidade, que nunca é demais salientar, de conseguir preservar uma excelente acidez nos vinhos que, dessa forma, se mostram dos mais equilibrados do país vinícola. Associada a essa acidez natural são vinhos que aguentam muito bem a passagem do tempo, esse mérito já os nossos pais reconheceram e por isso hoje ainda se encontram tantos vinhos velhos do Dão com muita qualidade.”

banner-portugal2020